6 Princípios para Alcaçar ou Dobrar sua Lucratividade em 3 meses

Ganhar Dinheiro

Geralmente para ganhar dinheiro não requer mais tempo e novos clientes, como muitos empreendedores acreditam, e sim regras mais bem estabelecidas relacionadas a redução de custos e bom relacionamentos com clientes atuais.

No início de novos projetos, empreendedores devem ter objetivos simples: Aumentar o Ganho de Dinheiro no curto prazo. Não mais clientes, não mais receita, não mais escritórios ou mais funcionários. Mais lucro.

Com pequenas atitudes é possível aumentar a rentabilidade do seu negócio em tempo record.

Confira as nossas dicas, adapte-as à realidade do seu negócio e veja os resultados.

Ganhar Dinheiro

organização para ganhar dinheiro

1-O nicho certo

Não crie algo antes de encontrar pessoas que o procurem.

Escolha seu nicho minuciosamente. Pesquise quem é seu público alvo antes e não tente agradar todo mundo, fazendo isso você não vai conseguir agradar ninguém.

Os comerciais da Apple não mostram pessoas na casa dos 50 anos, mas homens e mulheres modernos e saudáveis na faixa dos 20-30 anos; isso porque todo mundo quer se sentir jovem e moderno.

Quem você mostra na sua campanha de marketing não é necessariamente o único público interessado no seu produto, geralmente à a faixa demográfica com à qual as pessoas pertencem ou com a qual se identificam.; e ninguém quer ser rotulado de mediano, é por esse motivo que não se deve querer agradar todo mundo.

Encontre um mercado (de preferência sobre algo que você entende) com um grande numero de buscas e desenvolva um produto para eles que você vai ganhar dinheiro.

2-Marketing eficiente

Em tempos da ascensão da internet, alta velocidade de informação e grande diversidade de propagandas, é fundamental para o sucesso da marca ter uma boa estratégia de marketing.

Além de valorizar a marca, fidelizar o cliente, clarear o retorno que cada uma das ações executadas trazem, o marketing eficiente mantém o fluxo de receita da empresa de forma sustentável e garante que a empresa se mantenha firme durante os próximos anos.

Especialmente no começo busque por ferramentas de marketing direto, que seja de fácil apontamento dos gastos(completamente contabilizável) sem esquecer quem se quer atingir.

A publicidade bem planejada e bem definida funciona de primeira e assim possibilita sua empresa a ganhar dinheiro.

3-Menos opções=mais dinheiro

O cliente pode comprar da cor que quiser, contando que seja preto. -Henry Ford

Assim como Henry Ford, fundador da Ford Motors Company, uma das maiores produtoras de automóveis do mundo, empreendedores de sucesso sabem que atender um cliente não é se tornar um garçom pessoal e fazer-lhes todas as vontades.

Atender um cliente é fornecer valor à um preço justo e resolver problemas legítimos o mais rápido possível.

Quanto mais opções, mais indecisões gera em seus clientes, menos pedidos e mais trabalho para fabricá-las e oferecer suporte você gera para si. Simplifique para ganhar dinheiro!

4-Preço antes do produto –  Planejamento de distribuição

Uma vez que você começa a realizar vendas diretas ao consumidor por necessidade sem esse planejamento inicial, você pode deparar-se que suas margens não podem acomodar revendedores e distribuidores.

Se você tiver uma margem de lucro de 50% e o distribuidor precisar oferecer desconto de 70% para vender a clientes no atacado, você acabará limitado à venda direta ao consumidor se não aumentar seus preços e suas margens podendo afugentar os consumidores caso o aumento não seja sustentável, e isso é melhor fazer no início: planejar a distribuição antes de fixar os preços.

É nesse ponto que nos deparamos novamente com a importância dos custos.

Faça testes antes, analise com cuidado todos os custos e despesas que terá com publicidade, descontos que dará em compras de grande quantidade, etc.. Portanto, faça a lição de casa antes de fixar o preço.

5-Limite a distribuição!

Muitas pessoas pensam que ao aumentarem a distribuição irão alavancar os lucros. E isso não acontece frequentemente.

A distribuição sem controle pode lhe dar muito dor de cabeça e sangria no lucro, geralmente devido à desonestidade de lojas de desconto.

Quanto mais competitivos forem os revendedores, mais rápido seu produto será extinto.

Funciona basicamente assim: O revendedor A revende seu produto pelo preço recomendado de R$100, então o revendedor B vende por R$95 para concorrer com o A, então vem o C e revende por 90 para concorrer com ambos. Logo, os clientes se acostumaram com os preços baixos, fazendo com que o lucro desapareça juntamente com novos pedidos, e assim está morto o produto.

Oferecendo exclusividade na distribuição de seu produto, é possível negociar margens de lucro maiores (oferecendo menos desconto sobre o preço final) e assim um melhor suporte. Lembrando que o objetivo não é ter mais clientes e sim mais lucros.

6-Gestão de custos

O que é medido pode ser administrado. -Peter Drucker

É de extrema importância que o empreendedor conheça bem sua empresa e tenha uma boa gestão de custos. Esses conhecimentos auxiliam o empreendedor a ter um bom controle de custos gerados na produção e comercialização de seus produtos/serviços, possibilitando ainda coletar informações valiosas e úteis para tomadas de decisões.

Sem uma gestão de custos eficaz, a empresa pode cobrar valores que não condizem com a realidade, ameaçando as margens de lucro, volume de vendas assim impedindo-a de ganhar dinheiro ou até mesmo o andamento geral do negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *