5 Hábitos que você deve perder para ser mais Produtivo

Trabalhar em casa ou via internet, por exemplo, são facilidades que ajudam a transformar o dia-a-dia corporativo menos cansativo. Entretanto, estes dois ambientes concentram atrações que costumam impedir o empreendedor de ser mais produtivo.

Para saber como fugir das distrações e, sobretudo, descobrir quais hábitos prejudicam sua capacidade de produção no trabalho, seja em seu próprio negócio ou como funcionários de terceiros, elaboramos um texto com algumas dicas sobre o tema.

 

Identificando maus hábitos

ser-mais-produtivo-2

Uma das grandes queixas dos trabalhadores é a dificuldade em manter o foco diante de tantas distrações.

Deixar a tevê ligada enquanto escreve um relatório ou monta uma programação, atender ao telefone no exato momento em que escreve um texto são pequenas atitudes que podem prejudicar a concentração das pessoas no trabalho, especialmente aquelas mais dispersas.

Antes de apontar quais são os piores hábitos dos trabalhadores, vamos apontar aqui os grandes vilões que lhe impedem de ser mais produtivo.

O uso do celular, distrações via internet, fofocas nos corredores, acesso a redes sociais em horários fora do permitido ou até mesmo a intromissão de colegas de trabalho enquanto você executa suas ações são apontados como práticas que prejudicam a produtividade no ambiente de trabalho.

Contudo, nosso objetivo aqui é apontar os cinco principais hábitos que impedem que você realize um bom trabalho e mostrar como você pode se tornar mais produtivo.

  • Reduza o uso da internet

Estudos indicam que necessitamos de exatos quinze minutos para sermos capazes de nos dedicar amplamente a uma tarefa. Desta forma, qualquer tipo de distração neste período compromete nossa produtividade, e a internet é, de longe, a maior fonte de distração disponível.

Seja navegando em sites que não dizem respeito a seu trabalho, compartilhando os famosos memes via chats ou ainda lendo conteúdo que não agregue para a função que exerce, o ritmo de trabalho fica comprometido.

Como é praticamente impossível retirar a internet de nosso cotidiano, dada sua importância como fonte de conteúdo e contatos, tente minimizar o acesso a sites ou plataformas que não tenham relação com seu trabalho, sobretudo no momento em que estiver se dedicando a atividades que requeiram maior concentração, como a confecção de relatórios ou textos.

  • Excesso de perfeccionismo

Todos nós queremos entregar um bom trabalho, seja para deixar uma boa impressão a um superior como a um cliente ou até a si mesmo, como forma de mostrar que é sim capaz de realizar com perfeição aquela função que parecia tão complicada.

Entretanto, ao ser excessivamente perfeccionista, o profissional acaba prejudicando seu ritmo de trabalho e o impedindo de ser mais produtivo.

A melhor solução aqui não é entregar um trabalho pela metade ou com menor capricho, para reduzir o tempo de espera, e sim tornar a busca pela perfeição em uma atividade dinâmica.

Busque ser o melhor no que faz, mas não seja refém deste sentimento. É possível aliar perfeccionismo e boa produtividade, deixando de se ater a pequenos detalhes que podem prejudicar o bom andamento do trabalho.

E também algumas vezes você pode entregar um trabalho apenas bom, e não impecável. Errar é permitido, desde que o equívoco não comprometa o resultado final.

  • Reuniões improdutivas

Talvez, de longe, o grande mal que assole companhias com pensamento arcaico, o excesso de reuniões, muitas delas improdutivas, é um hábito prejudicial a toda a corporação.

O tempo gasto em uma sala discutindo assuntos que poderiam ser resolvidos via e-mail, por exemplo, diversas vezes compromete todo o ritmo de trabalho, atrapalhando a execução desde tarefas simples, como a resposta a mensagens de consumidores, até a confecção de relatórios complexos ou o desenvolvimento de projetos com prazos apertados de execução.

Para corrigir este hábito e passar a ser mais produtivo, a sugestão aqui é evitar, ao máximo possível, a realização de muitas reuniões.

Tem uma demanda que precisa ser resolvida? Tente primeiro via e-mail ou mensagem em comunicadores instantâneos internos. Ligue, chame para uma conversa durante o cafezinho e, só em último caso, agende uma reunião.

Para não comprometer a produtividade, é importante que os empresários se façam a seguinte questão: essa reunião é mesmo necessária?

  • Atrasar o despertador

Sair da cama, principalmente em dias frios ou chuvosos é uma batalha que todos nós enfrentamos quase que diariamente.

Seja para dormir “mais cinco minutinhos” ou apenas para permanecer deitados costumamos recorrer ao modo soneca do despertador.

O que muitos não sabem (eu mesma não sabia) é que este hábito é um dos grandes vilões que nos impedem de ser mais produtivos.

Ao postergar o levantar, você tende a atrasar o início de seu dia, comprometendo todo o planejamento feito na véspera.

Quantos de nós já fomos dormir com todas as suas atividades milimetricamente cronometradas e viram todo seu planejamento cair por terra ao perder a hora por causa do modo soneca?

Por mais difícil que sair da cama possa parecer, o recomendado é acordar de uma vez só abolindo os cinco minutinhos. Embora cruel, essa atitude contribuirá e muito para melhorar sua produtividade.

  • Executar muitas tarefas ao mesmo tempo

Com uma rotina tão atribulada como a vivida por nós nos dias atuais, é comum ver trabalhadores desempenhando duas, três ou até quatro funções ao mesmo tempo.

O que, à primeira vista, pode parecer excesso de eficiência, com o passar do tempo pode se mostrar uma perigosa perda de produtividade.

Ao nos dedicarmos a diversas atividades ao mesmo tempo perdemos o foco e a capacidade de fazer um bom trabalho em tudo aquilo que nos propomos.

Embora as cobranças sejam muitas, aqui o recomendado, para ser mais produtivo é não querer “abraçar o mundo”.

Mesmo que você seja cobrado por não exibir o mesmo vigor “multitesk” de antes, ao realizar apenas uma tarefa de cada vez você se dará conta de como sua produtividade irá subir. Você ganha em qualidade de vida e sua empresa com um trabalho bem feito.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *